Eleições presidenciais vão para o segundo turno

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Resultados finais do primeiro turno

2 de outubro de 2006

Brasil


O primeiro turno das eleições presidenciais no Brasil teve um resultado apertado, com o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, chegando perto de decidir em primeiro turno, com 48,61%. Geraldo Alckmin do PSDB, contrariando as pesquisas, atingiu uma margem maior de votos do que a esperada, finalizando a eleição com 41,64% dos votos válidos. Heloísa Helena, do PSOL e Cristovam Buarque do PDT seguem, com 6,85% e 2,64%, respectivamente.


Expectativa para segundo turno

Até pouco além da meia-noite ainda havia uma grande expectativa no País sobre a possibilidade da realização de um segundo turno nas eleições presidenciais. Lula liderava, chegando ao pico de 49,28% dos votos válidos. Para evitar a realização de um novo turno, precisa-se atingir ao menos 50% dos votos válidos mais um. O suspense acabou quando o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Marco Aurélio Mello, anunciou a realização do segundo turno, quando faltava a apuração de 2% dos votos.

Distribuição dos votos

Depois das eleições, 100% dos votos apurados:

██ Estados onde Lula venceu

██ Estados onde Alckmin venceu

Primeiro colégio eleitoral do país, São Paulo tem cerca de 28 milhões de eleitores e, o Rio Grande do Sul, 7,7 milhões. Em São Paulo, com 99,87% dos votos apurados, Alckmin havia obtido 54,2% dos votos válidos. No Rio Grande do Sul, quando a apuração alcançava praticamente 100% dos votos, ele chegou a 55,76%.

Lula teve votação expressiva na região Nordeste. Até o percentual de 99,81%, ele ficou com 66,77% dos votos válidos, sendo que o melhor resultado foi registrado no Maranhão. O presidente obteve mais de 75% dos votos no estado e, Alckmin, apenas 18,81%. Na região Norte, Lula recebeu 56,08% dos votos e Alckmin alcançou 36,32% quando a apuração chegava a 98,97%.

No Sudeste, Geraldo Alckmin foi o melhor colocado, mas com uma vantagem apertada, decorrente dos votos em São Paulo. Com 99,93% dos votos apurados na região, o ex-governador ficou com 45,21% dos votos válidos e Lula alcançou 43,28%.

Dados completos

Confira também a reportagem "Resultado da Eleição Presidencial"

Veja os dados completos, de acordo com a Justiça Eleitoral:

Fontes


As categorias deste artigo foram atualizadas em 17 de fevereiro de 2008. Para maiores informações veja o histórico.