Eleições presidenciais do Chile seriam em 11 de dezembro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de março de 2009

Chile


As próximas eleições presidenciais no Chile serão em 11 de dezembro, de acordo com o Serviço Eleitoral (Servel), que vai eleger um novo governante do país em 90 dias, antes de sua posse como presidente eleito.

No entanto, a data é numa sexta-feira, portanto, deverá ser declarado feriado nacional para que os votantes possam ir às urnas com tranquilidade, provocando, segundo os economistas, uma perda de US$ 50 milhões por feriado eleitoral.

Isso levou o governo a incentivar a idéia de adiar a eleição até domingo dia 13 de dezembro, para evitar as perdas econômicas, mas a oposição (Alianza por Chile) disse que é melhor que os comícios eleitorais se realizem no mês de novembro, deixando menos tempo para a campanha presidencial.

Os principais candidatos presidenciais, Eduardo Frei e Sebastián Piñera não fizeram declarações sobre o assunto, já que corresponde a uma matéria relacionada com o Servicio Electoral (Serviço Eleitoral) e não aos partidos políticos.

Fontes