Eduardo Bolsonaro cria incidente com China devido a coronavírus

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de março de 2020


Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro e deputado federal, acabou criando um incidente diplomático com a China ontem ao escrever em seu Twitter que a pandemia de COVID-19 era "culpa da China". Em sua postagem, ele fez uma comparação com o acidente nuclear de Chernobil, dizendo que tanto a Rússia como a China eram "ditaduras que preferiam esconder algo grave a expor, tendo desgaste, mas que salvaria inúmeras vidas".

Horas depois, a Embaixada da China no Brasil respondeu ao comentário, também usando o Twitter, que as palavras do deputado eram " extremamente irresponsáveis". "Lamentavelmente, você é uma pessoa sem visão internacional nem senso comum, sem conhecer a China nem o mundo", enfatizou a Embaixada ainda.

O presidente da câmara, Rodrigo Maia, se desculpou, escrevendo em seu Twitter: "em nome da Câmara dos Deputados, peço desculpas à China e ao embaixador Wanming Yang pelas palavras irrefletidas do Deputado Eduardo Bolsonaro".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com