Edifício desmorona em Nova Iorque em suposto caso de suicídio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de julho de 2006

Um edífico de quatro andares da 62nd Street em Manhattan desmoronou depois de uma explosão na segunda-feira (10). Tanto o corpo de bombeiros de Nova Iorque quanto a Casa Branca disseram que a explosão não foi provocada por um atentado terrorista. O corpo de bombeiros da cidade disse que o proprietário do edifício, o médico Nicholas Bartha, deprimido por causa de um divórcio, teria deliberadamente provocado a explosão numa tentativa de suicídio.

Segundo os últimos informes, cinco pessoas ficaram feridas por causa da explosão, uma das quais foi enviada ao hospital em estado grave. Além delas, outros dez bombeiros se feriram durante a operação de resgate. Nenhuma morte foi registrada.

A maior parte das fontes dá como causa provável para a explosão o vazamento de gás que em seguida se inflamou. O fogo resultante, que começou no porão, foi bastante forte durante algum tempo, mas foi depois controlado pelos bombeiros.

Bastante gente descreveu a onda de choques provocada pela explosão como semelhante a um terremoto.

Fontes

Na Wikipédia inglesa há um artigo sobre 2006 62nd Street explosion.