EUA investem bilhões em pílulas para COVID-19 e outros vírus

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anthony Fauci (2020)

18 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

Os Estados Unidos estão investindo US $ 3,2 bilhões no desenvolvimento de pílulas antivirais para COVID-19 e outros vírus que podem ajudar a prevenir novas pandemias.

O principal especialista em doenças infecciosas dos EUA, Dr. Anthony Fauci, fez o anúncio na quinta-feira em uma reunião na Casa Branca como parte de uma nova iniciativa chamada Programa antiviral para pandemias.

O programa apoiará a pesquisa no desenvolvimento de novos medicamentos para tratar os sintomas causados pelo coronavírus e outros vírus potencialmente perigosos.

Os comprimidos para COVID-19 já estão em estágio de desenvolvimento e podem começar a estar disponíveis no final de 2021 se os testes clínicos forem bem-sucedidos.

O financiamento agilizará os testes e aumentará o apoio à pesquisa, desenvolvimento e manufatura do setor privado.

Os EUA já aprovaram anteriormente o remdesivir, medicamento antiviral, como tratamento para COVID-19. Autorizou também, para uso emergencial, três combinações de anticorpos que ajudam a combater o vírus. Mas os medicamentos devem ser administrados em hospitais ou outras instalações médicas, um problema logístico que resultou em uma demanda fraca.

As empresas farmacêuticas AstraZeneca, Pfizer e Roche começaram a testar medicamentos antivirais na forma de comprimidos.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit