EUA facilitam requisitos de imigração para afegãos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

23 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O governo dos EUA afrouxou alguns dos requisitos rigorosos que os afegãos têm para entrar nos Estados Unidos.

Até agora, os afegãos que ocupavam cargos civis sob o regime talibã ou pagavam por serviços públicos, como obter um passaporte, não eram elegíveis para um visto americano com base no fato de terem vínculos com um grupo terrorista. O governo Biden diz que não é mais o caso.

“[O] Secretário de Segurança Interna e o Secretário de Estado exerceram sua autoridade sob a Lei de Imigração e Nacionalidade para permitir que o governo dos EUA, caso a caso, conceda uma isenção para requerentes qualificados de vistos… que não se qualificariam devido aos amplos motivos de inadmissibilidade do estatuto”, disse um porta-voz do Departamento de Estado.

“Esta ação permitirá ao governo dos EUA atender às necessidades de proteção dos afegãos qualificados que não representam um risco à segurança nacional ou à segurança pública e fornecer a eles a capacidade de acessar um status de imigração”, disse o porta-voz, acrescentando que os afegãos que trabalharam como funcionários públicos durante o primeiro reinado do Talibã no Afeganistão, de setembro de 1996 a dezembro de 2001, e após 15 de agosto de 2021, são elegíveis sob a política.

Desde 2006, o governo dos EUA, sob as administrações republicana e democrata, aplicou essa autoridade de isenção mais de 30 vezes.

“Médicos, professores, engenheiros e outros afegãos, incluindo aqueles que corajosamente e lealmente apoiaram as forças dos EUA em solo no Afeganistão com grande risco para sua segurança, não devem ser negados a proteção humanitária e outros benefícios de imigração”, disse o porta-voz do Departamento de Estado.

Fontes