EUA acusam 5 cidadãos chineses de ataques massivos a empresas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos disse que as autoridades norte-americanas acusaram cinco cidadãos chineses dos ataques cibernéticos.

“Cinco cidadãos chineses e dois malaios são acusados ​​de realizar ataques hackers. Danos foram causados ​​a mais de 100 empresas ao redor do mundo em vários setores”, disse. De acordo com o Ministério da Justiça, estamos falando do grupo de hackers APT41, um dos maiores grupos de "ciberespionagem chinesa" nos últimos anos.

Cidadãos malaios são suspeitos pelas autoridades dos EUA de conspirar com dois supostos hackers da China para lucrar com ataques cibernéticos a empresas que operam na indústria de videogames.

As acusações foram apresentadas contra eles em agosto. Em 14 de setembro, a pedido dos Estados Unidos, eles foram detidos na Malásia. As autoridades estadunidenses contam com sua extradição.

Fontes

ru США обвинили 5 граждан Китая в массовых атаках на американские компании — SecurityLab, 18 de setembro de 2020.

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit