Diretor do Banco do Brasil envolvido no escândalo pede aposentaria

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de julho de 2005

Brasil — O diretor de Marketing e Comunicação do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, 52 anos, fez o pedido de sua aposentadoria na quarta-feira (13).

Pizzolato se relacionava com o empresário Marcos Valério, segundo o que disse a ex-secretária de Valério, Fernanda Karina Somaggio, ao ser interrogada pela Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga o alegado escândalo dos Correios. Marcos Valério é acusado pelo deputado Roberto Jefferson de ser operador do mensalão.

Pizzolato autorizou o Banco do Brasil a comprar R$ 70 mil em ingressos para um show de 2004 da dupla brasileira de música sertaneja Zezé Di Camargo & Luciano na churrascaria Porcão. A arrecadação do show foi destinada para o Partido dos Trabalhadores.

Fontes