Dezenas de mortos após inundações destrutivas nos Camarões

Fonte: Wikinotícias

10 de outubro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Pelo menos 27 pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas depois que as enchentes devastaram a capital camaronesa, Yaoundé, e alguns bairros vizinhos no final de semana.

As fortes chuvas provocaram inundações no distrito de Yaoundé 2, perto da capital, varrendo edifícios numa torrente de água e lama, reduzindo muitos a pedaços de escombros.

Para agravar o desastre, o aumento das águas transbordou uma barragem construída na era colonial e esta cedeu, libertando um lago artificial que derrubou várias estruturas no domingo, segundo Assola Joseph, um líder local no bairro de Mbankolo. A inundação destruiu pelo menos 30 casas.

A missão de busca e resgate começou na segunda-feira, com as autoridades ainda vasculhando os escombros “na esperança de salvar vidas”, disse Daouda Ousmanou, o principal funcionário do governo no distrito.

Os corpos das vítimas das enchentes foram colocados em um necrotério, aguardando identificação – enquanto os feridos foram levados às pressas para hospitais próximos, incluindo o Hospital Geral de Yaoundé, que disse ter recebido 12 feridos, incluindo uma menina de 7 anos.

Todos os feridos serão tratados gratuitamente, segundo o ministro da Administração Territorial dos Camarões, Paul Atanga Ngi. “Vim apresentar as condolências do presidente dos Camarões, Paul Biya, às famílias enlutadas”, disse ele na segunda-feira.

As inundações são comuns nos Camarões — especialmente nos últimos anos em decorrência das alterações climáticas, segundo os especialistas. A destruição causada também foi exacerbada pelas construções de baixa qualidade.

As autoridades camaronesas têm demolido recentemente casas e edifícios em áreas com alto risco de inundações. Muitas destruídas agora estavam marcadas para demolição.

Fontes