Devido a Covid-19, Espanha registra queda de 98% no turismo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

3 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Espanha recebeu 204.926 turistas internacionais em junho de 2020, 97,7% a menos que no ano passado, informou a CNN hoje, citando um estudo do Instituto Nacional de Estatística da Espanha.

Os dados também mostraram que o gasto total per capita dos turistas estrangeiros que visitavam a Espanha em junho diminuiu 98,6% em comparação com o mesmo mês do ano passado. Em comparação com junho de 2019, o gasto por turista caiu 40,8%, para US$ 755 (€ 651), e a duração média das viagens foi reduzida em um dia, para 5,7 dias.

Em junho, 920.778 turistas nacionais e internacionais ficaram em hotéis ou estabelecimentos similares na Espanha para dormir, totalizando 1.820.455 pessoas. Ambos os números representam menos de 10% dos totais estimados para este período um ano atrás. Os hotéis de quatro estrelas são os mais visitados, seguidos pelos estabelecimentos de três estrelas.

Covid ameaça turismo

O setor de turismo da Espanha sofreu grandes reveses devido à pandemia de Covid-19. Em julho, o governo do Reino Unido anunciou inesperadamente que todas as pessoas que retornassem da Espanha seriam obrigadas a se isolar por duas semanas devido a um aumento nos casos de coronavírus em território espanhol, mudando uma medida anterior.

A Noruega também impôs uma quarentena obrigatória de 10 dias a todos os viajantes que retornam da Espanha e o primeiro-ministro francês, Jean Castex, já havia anteriormente aconselhado os franceses a não viajarem para a Catalunha.

Segundo o Statista, que fornece dados sobre a economia global, a Espanha é um dos países mais vulneráveis ​​ao impacto da Covid-19 no turismo, já que o setor contribuiu com 14,3% para o PIB do país no ano passado.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit