Desafio da Baleia Azul será retratado na novela “A Força do Querer”

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de abril de 2017

Brasil —


A autora Glória Perez declarou no dia 21 de abril que pretende abordar o jogo Baleia Azul em sua novela das nove, A Força do Querer.[1][2][3][4][5]

O jogo se baseia entre a relação entre os desafiantes (também chamados jogadores, ou participantes) e os curadores (ou chamados de administradores).[6][7][8] O jogo envolve uma série de tarefas dadas pelos curadores que os jogadores devem completar, normalmente uma por dia, algumas das quais envolvem auto-mutilação.[9][10] Algumas tarefas podem ser dadas com antecedência, outras podem ser repassadas pelos curadores no dia, sendo para última tarefa o suicídio.[11][12][13]

Ver também

Referências

  1. Jogo da Baleia Azul será abordado em A Força do Querer
  2. Jovem teria sido vítima da Baleia Azul
  3. Jogo da Baleia Azul será abordado em A Força do Querer
  4. Glória Perez revela que vai abordar o jogo da Baleia Azul em A Força do Querer
  5. Desafio da Baleia Azul será retratado na novela “A Força do Querer”
  6. Polícia busca ‘curadores’ do Baleia-Azul
  7. A Tragédia Azul: curadores de jogo suicida responderão criminalmente e pais omissos poderão perder guarda dos filhos, alertam especialistas
  8. Curadores do 'jogo da baleia azul' podem ser indiciados por homicídio
  9. O ‘desafio da Baleia Azul’ é uma prática criminosa
  10. Curadores do 'jogo da baleia azul' podem ser indiciados por homicídio, diz delegada, Ana Carolina Torres, 19/04/2017, acessado em 22/04/2017, Extra
  11. Polícia busca 'curadores' do jogo online Baleia-Azul, Roberta Pennafort (com Adelson Barbosa dos Santos, Fátima Lessa e Monica Bernardes), 21/04/2017, acessado em 22/04/2017, Estadão conteúdo - UOL notícias
  12. 'Baleia Azul', o jogo que induziria adolescentes ao suicídio, é investigado
  13. "Baleia-Azul": Este jogo suicida está a alarmar o Brasil

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati