Cristiano Ronaldo faz três gols e garante empate contra a Espanha

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikinotícias Rússia 2018 - logo.jpg
Mais notícias sobre a
Copa do Mundo 2018
Seleções:
Flag of Brazil.svg - Flag of Portugal.svg

Agência Brasil

15 de junho de 2018

O jogo mais esperado da primeira rodada não decepcionou. Em uma partida de alto nível técnico e seis gols, Portugal e Espanha empataram por 3 a 3.

O camisa 7 português, Cristiano Ronaldo, foi o nome do jogo. Converteu o pênalti sofrido por ele, marcou com a bola rolando e, no final, garantiu o empate de Portugal com uma cobrança de falta perfeita.

A Espanha foi melhor durante quase toda a partida. Teve 67% de posse de bola e as melhores chances de gol. Mas não é à toa que Cristiano Ronaldo carrega a fama e o posto de melhor jogador do mundo. No final, comemorou o empate como se fosse uma vitória.

Apesar de ter conquistado apenas um ponto, Portugal não deixou a Espanha liderar o grupo B e as duas seleções seguem favoritas para avançar para as oitavas de final.

O Jogo

Portugal começou o jogo com muita intensidade. Tentou a pressão desde o primeiro segundo de jogo e não precisou de muito tempo para abrir o placar. Cristiano Ronaldo entrou na grande área driblando e foi derrubado por Nacho. Apesar da reclamação dos espanhóis, o árbitro italiano Gianluca Rocchi marcou o pênalti. O próprio “CR7” bateu o pênalti, no canto esquerdo de De Gea, que sequer saiu na foto.

O jogo ficou equilibrado a partir daí. Portugal se recusou a recuar e esperar a Espanha. Continuou atacando e, com isso, abrindo espaços para o adversário. Foi assim que, aos 23 minutos, Diego Costa recebeu na entrada da área, iludiu dois defensores com uma finta de corpo e chutou no cantinho esquerdo, sem chances para o goleiro Rui Patrício. A Espanha empatava.

O gol assustou Portugal e animou a Espanha, que apareceu bem no ataque com Iniesta e Isco. Mas justamente quando os espanhóis estavam melhor no jogo, Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo. Aos 43 do primeiro tempo, Gonçalo Guedes recebeu lançamento no ataque e tocou para CR7. O atacante chutou com força, de fora da área. De Gea tentou amortecer a bola, mas falhou e a bola morreu no fundo da rede. Foi o último ato de um grande primeiro tempo.

Segundo tempo

A Espanha continuou a pressão iniciada no primeiro tempo. Portugal não conseguia emendar um contra-ataque eficiente. Na pressão, com toque de bola, a Espanha empatou de novo aos 9 minutos. Após bola alçada na área, Busquets escorou de cabeça para Diego Costa. O brasileiro naturalizado espanhol apenas empurrou para o gol livre.

O time do técnico Hierro, que assumiu a seleção há apenas dois dias continuou pressionando. Acuada, a defesa de Portugal apenas assistiu, aos 12 minutos, o lateral direito Nacho aproveitar a sobra e, de fora da área, acertar um lindo chute, que bateu nas duas traves antes de morrer no fundo do gol. A superioridade técnica da Espanha, enfim, aparecia no placar.

Portugal não conseguia encaixar nenhum ataque eficiente. A defesa espanhola estava segura durante todo o segundo tempo. Mas foi preciso só uma falha para Cristiano Ronaldo aparecer de novo.

O camisa 7 sofreu falta de Piquet perto da área. Com precisão cirúrgica, o melhor jogador do mundo cobrou a falta no ângulo de De Gea, que sequer tentou buscar. Desespero da torcida espanhola, que viu o time dominar quase todo o jogo e, no final, deixar escapar a vitória por entre os dedos.

Quem lidera o grupo B é o Irã, que venceu Marrocos no outro jogo do grupo. Espanha e Portugal aparecem com um ponto cada e Marrocos é a lanterna, com nenhum ponto conquistado.

Na próxima rodada, Marrocos enfrenta Portugal e o Irã joga contra a Espanha.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati