Covid-19: vacinação infantil segue lenta no Brasil; apenas 25% das crianças tomaram 1ª dose

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

22 de fevereiro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A vacinação do público entre 5 e 11 anos ainda segue lenta no Brasil, já que ontem o Ministério da Saúde informou que das 20,4 milhões de crianças desta faixa etária, pouco mais de 5 milhões tomaram a primeira dose de uma vacina autorizada no Brasil, o que significa que apenas ~25% deste grupo começou o esquema de imunização.

Apenas duas vacinas estão liberadas no Brasil pela Anvisa para este público, a Pfizer infantil e a Coronavac, e ambas precisam ser aplicadas em duas doses para que o esquema vacinal fique completo.

59% dos municípios relatam resistência à vacinação infantil

Mais de 59% dos municípios relatam que enfrentam resistência da população quanto à vacinação de crianças com idade entre 5 e 11 anos. A informação foi levantada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) com a aplicação da 35ª edição da pesquisa sobre a situação da Covid-19 nos Municípios. O levantamento ouviu 2.193, o que representa 39,4% das cidades, entre os dias 14 e 17 de fevereiro.

11,2% dos município relatam falta de vacinas

Segundo a CNM, em 11,2% dos municípios faltaram vacinas para este público. Além disto, em 19 dos municípios que participaram da pesquisa, a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos sequer teve início.

Notícias Relacionadas

Fontes