Covid-19: países pobres receberão mais 40 milhões de vacinas após novo acordo com a OMS

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Após um novo acordo, através do programa COVAX, uma parceira da OMS, UNICEF e da GAVI Alliance, a Pfizer deverá fornecer 40 milhões de doses de sua vacina covid-19 nos próximos meses, as quais serão destinadas aos países mais pobres do planeta, junto a 100 milhões de doses da vacina de Oxford-AstraZeneca (ChAdOx1), que virão do Serum Institute of India.

Ao menos 50 milhões de doses da ChAdOx estarão disponíveis até março e serão entregues aos países que integram a Lista de Uso de Emergência da OMS, que está sendo revisada.

"Prevemos poder iniciar as entregas de vacinas contra a covid-19, que salvam vidas, no fim de fevereiro. Isso não é apenas significativo para o COVAX, é um grande passo em frente para o acesso equitativo às vacinas e uma parte essencial do esforço global para vencer esta pandemia. Só estaremos seguros em qualquer lugar se estivermos seguros em todos os lugares”, disse Seth Berkley, CEO da GAVI, que chefia a compra de vacinas do COVAX.

Notícias Relacionadas

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit