Covid-19: nos Estados Unidos, FDA autoriza o uso de anticorpos monoclonais para tratamento

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A FDA (Food and Drug Administration) dos Estados Unidos (EUA) emitiu uma autorização na semana passada de uso de emergência no país para os produtos casirivimabe e imdevimabe a serem administrados juntos para o tratamento da Covid-19 leve a moderada em adultos e pacientes pediátricos (12 anos de idade ou mais e pesando pelo menos 40 quilogramas) com resultados positivos de SARS-CoV-2 e que apresentam alto risco de progredir para casos graves da doença. Isso inclui pessoas idosas ou que tenham certas doenças pré-existentes.

Num ensaio clínico de pacientes com Covid, casirivimabe e imdevimabe, quando administrados juntos, mostraram reduzir a possibilidade de hospitalização relacionada à Covid ou a necessidade de atendimento médico em pacientes com alto risco de progressão da doença, quando comparados ao placebo.

"A FDA continua comprometida com o avanço da saúde pública no país durante esta pandemia sem precedentes e autorizar estas terapias de anticorpos monoclonais pode ajudar os pacientes ambulatoriais a evitar a hospitalização e aliviar a carga em nosso sistema de saúde ", disse o médico e comissário da FDA Stephen M. Hahn.

O FDA, no entanto, anunciou que "a segurança e a eficácia desta terapia continuam a ser avaliadas".

Casirivimab e imdevimab devem ser administrados juntos via intravenosa (IV).

Contraindicações

Benefícios no uso das substâncias não foram demonstrados em pacientes hospitalizados devido a Covid e há indicações de que anticorpos monoclonais, como o casirivimabe e imdevimabe, podem estar associados a piores desfechos clínicos quando administrados a pacientes hospitalizados com Covid que requerem oxigenoterapia.

O que são os anticorpos monoclonais?

Os anticorpos monoclonais são proteínas feitas em laboratório que imitam a capacidade do sistema imunológico de combater patógenos nocivos, como vírus. O casirivimab e o imdevimab são anticorpos monoclonais especificamente dirigidos contra a proteína spike do SARS-CoV-2, concebidos para bloquear a ligação do vírus e a entrada nas células humanas.

Notícia Relacionada

Fontes

Domínio Público Segundo a Website Policies - Linking to or Copying Information da FDA "o conteúdo do site - texto e gráficos - não está protegido por direitos autorais. Ele é de domínio público e pode ser republicado, reimpresso e usado ​​livremente por qualquer pessoa sem a necessidade de obter permissão da FDA. Agradecemos se a FDA for citada como a fonte, mas não é obrigatório".


Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com