Covid-19: iniciativa COVAX deve distribuir 1,3 bilhões de vacinas gratuitamente para países pobres este ano

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os responsáveis pelo programa Covax Facility, uma iniciativa da OMS em parceria com a Aliança Gavi, revisaram o total de vacinas covid-19 que podem ser entregues este ano aos países menos desenvolvidos do planeta, aumentando este número para cerca de 2,3 bilhões. Segundo a nota divulgada pela Gavi, 1,8 bilhão de doses devem estar disponíveis para 92 economias subdesenvolvidas e pelo menos 1,3 bilhão dessas doses serão entregues sem custo às nações mais pobres.

As doses serão fornecidas aos países proporcionalmente a sua população e as previsões são de que o Sudeste Asiático e a África seja as regiões que mais recebam vacinas, ganhando, respectivamente, 695 milhões e 540 milhões de doses até o final de 2021. A região do Mediterrâneo Oriental deverá receber 355 milhões, as Américas e o Caribe 280 milhões, o Pacífico Ocidental 225 milhões e a Europa 165 milhões.

Segundo o comunicado, se a previsão se confirmar, até 27% da população dos países subdesenvolvidos serão vacinada, uma meta bem maior que os 20% iniciais.

As primeiras vacinas a serem entregues, ainda em fevereiro, são as da Pfizer (Tozinameran) e da AstraZeneca (ChAdOx1) e, segundo a Gavi, em abril também deverão se distribuídas cargas dos imunizantes Novavax (NVX-CoV2373) e da Johnson & Johnson (vacina da Jannsen ou Ad26.COV2.S).

Notícias Relacionadas

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit