Covid-19: após confusão, Brasil recebe 2 milhões de doses de vacina ChAdOx1 da Índia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Por Brasil de Fato

No final da tarde de ontem (22), 2 milhões de doses da vacina Oxford-AstraZeneca (ChAdOx1) chegaram ao Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A vacina vem da Índia sendo produzida pelo laboratório Soro.

Ainda ontem, a mercadoria foi transportada e distribuída de um depósito da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. Com a divulgação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), essas doses já podem ser usadas imediatamente.

Os preparativos imunológicos devem chegar ao Brasil neste domingo (17), mas as negociações entre o Itamaraty e o governo indiano inicialmente fracassou. Os índios vão ficar incomodados com a forma como o governo brasileiro promove as compras.

Foi criticado que o presidente Jair Bolsonaro (sem filiação partidária) hospedou Suresh K. Reddy, o embaixador da Índia no Brasil, no Palácio do Planalto, na tentativa de contornar a situação provocada por seus próprios governantes.

A primeira fase de vacinação dos brasileiros começou no domingo (17), mas a dose foi insuficiente. Até o momento, apenas 6 milhões de doses da vacina Coronavac do Butantan foram distribuídas. Apenas o primeiro grupo prioritário, os profissionais de saúde, necessita de 31,1 milhões de doses.

Notícias Relacionadas

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit