Covid-19: após confusão, Brasil recebe 2 milhões de doses de vacina ChAdOx1 da Índia

23 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Por Brasil de Fato

No final da tarde de ontem (22), 2 milhões de doses da vacina Oxford-AstraZeneca (ChAdOx1) chegaram ao Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A vacina vem da Índia sendo produzida pelo laboratório Soro.

Ainda ontem, a mercadoria foi transportada e distribuída de um depósito da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. Com a divulgação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), essas doses já podem ser usadas imediatamente.

Os preparativos imunológicos devem chegar ao Brasil neste domingo (17), mas as negociações entre o Itamaraty e o governo indiano inicialmente fracassou. Os índios vão ficar incomodados com a forma como o governo brasileiro promove as compras.

Foi criticado que o presidente Jair Bolsonaro (sem filiação partidária) hospedou Suresh K. Reddy, o embaixador da Índia no Brasil, no Palácio do Planalto, na tentativa de contornar a situação provocada por seus próprios governantes.

A primeira fase de vacinação dos brasileiros começou no domingo (17), mas a dose foi insuficiente. Até o momento, apenas 6 milhões de doses da vacina Coronavac do Butantan foram distribuídas. Apenas o primeiro grupo prioritário, os profissionais de saúde, necessita de 31,1 milhões de doses.

Notícias Relacionadas

Fonte