Covid-19: União Europeia desaconselha uso da ivermectina

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A EMA, Agência Europeia de Medicamentos, anunciou hoje que não aconselha o uso de ivermectina contra covid-19. A Agência "revisou as evidências mais recentes sobre o uso de ivermectina para a prevenção e tratamento de covid-19 e concluiu que os dados disponíveis não apoiam seu uso fora de ensaios clínicos bem planejados", diz o texto.

A Agência também comunicou que o medicamento não está sendo usado na União Europeia contra covid e que não há nenhum pedido, de qualquer empresa farmacêutica, para a liberação fora do uso para o qual é indicado: no tratamento de algumas infestações de vermes parasitas e de doenças como a rosácea.

A EMA realizou a revisão "após as recentes matérias da imprensa e publicações", diz ainda o texto.

O anúncio vem cerca de 20 dias após médicos portugueses insistirem no uso, algo que logo em seguida mereceu uma nota da Infarmed (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde), reportando que não havia evidência suficiente para indicar o uso do medicamento contra covid. Hélder Mota Filipe, ex-presidente do Infarmed, disse à epoca que "este movimento baseia-se pouco em evidência científica. É muito baseado na crença de alguns profissionais, isto é ipsis verbis o que dizem, ‘acreditam na ivermectina’ e no seu efeito. A ciência não se faz de crença, isso é do âmbito da religião".

Notícia Relacionada

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit