Covid-19: Israel cancela uso obrigatório de máscaras em locais fechados

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Diretor-Geral do Ministério da Saúde, Chezy Levy, liberou hoje o não-uso de máscaras faciais em locais fechados, com exceção de:

  • Se no lugar houver pessoas se recuperando da covid-19 e não-vacinadas;
  • Em unidades de saúde;
  • Em locais de internação de longa duração de idosos (asilos e outros).

Também devem continuar usando máscaras:

  • Pessoas para quem a indicação de isolamento é obrigatória;
  • Passageiros de avião tripulantes.

Pandemia sob controle

Um dos países que mais vacinou contra covid-19 no mundo, já em meados de fevereiro passado, por exemplo, Israel estava em 1º lugar em termos relativos (porcentagem) tendo à época já vacinado cerca de 74% de sua população com a primeira dose de uma vacina contra covid. No Brasil, comparativamente, este mesmo número atualmente está em torno de 25% (acesse o painel de vacinação do Localiza SUS aqui).

Em 1º lugar desde então, segundo o Our World in Data, da Universidade de Oxford, até ontem o país imunizou integralmente, com duas doses, 59% de sua população.

Com o sucesso da campanha de vacinação, o número de casos novos e mortes tem alcançado níveis mínimos desde maio passado (veja painéis aqui e aqui).

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit