Coronavírus: na China, mortes já passam de duas mil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de fevereiro de 2020

Wuhan, a cidade chinesa que é o epicentro da epidemia

A OMS (Organização Mundial da Saúde) divulgou ontem que o número de mortos na China devido à infecção causada pelo vírus Covid-19 subiu para 2.006. A entidade também anunciou que no mundo todo já há 75.204 casos confirmados de contaminação.

Já hoje, a imprensa divulgou que mais duas pessoas morreram no Japão. Ambos são idosos na faixa dos 80 anos de idade e haviam voltado da China há duas semanas no navio Diamond Princess, ancorado "em quarentena" na cidade e Yokohama. Os dois idosos estavam sendo tratados num hospital há cerca de 10 dias.

A epidemia causada pelo Covid-19 "estourou" na China no final de dezembro de 2019, tendo as primeiras mortes no país acontecido em meados de janeiro. A resposta inicial das autoridades foi muito criticada pela imprensa internacional, bem como pelos próprios chineses nas redes sociais locais, por não ter levado em conta a possibilidade do surgimento de uma doença como a SARS, apesar do aviso de alguns profissionais de saúde, entre eles o médico Li Wenliang, falecido há duas semanas após também ter sido infectado. Inicialmente, o médico havia recebido uma visita da polícia que o obrigou a assinar uma intimação onde ele foi acusado de espalhar “falsos boatos”.

Notícias relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com