Coreia do Norte condena americano a trabalhos forçados

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de setembro de 2014

Coreia do Norte

Um tribunal da Coreia do Norte condenou o americano Matthew Miller a seis anos de trabalhos forçados por atos hostis contra Pyongyang, informou a agência nacional KCNA. "Cometeu atos hostis ao entrar" na Coreia do Norte, "fazendo-se passar por turista em abril passado", segundo a agência, que não forneceu mais detalhes sobre a condenação emitida pelo Tribunal Supremo.

Miller foi detido em abril e acusado de destruir seus visto e pedir asilo no país. Existem ainda outros cidadãos americanos presos na Coreia: Jeffrey Fowle e Kenneth Bae. Miller e Fowle foram julgados por ações não especificadas relacionadas a "atos hostis contra o país". Bae foi, por sua vez, detido em novembro de 2012. Acusado de ser um militante cristão evangelista que buscava derrubar o governo norte-coreano, foi condenado a 15 anos de trabalhos forçados.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati