Coreia do Norte ameaça produzir armas nucleares

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Míssil nuclear

13 de junho de 2009

Depois de uma ampliação das sanções impostas pela ONU sobre a Coreia do Norte, o país anunciou que continuará a enriquecer urânio e o plutônio resultado dessa operação será utilizado na produção de armas nucleares.


Cquote1.png

O Conselho atuou de maneira clara, unificada e decisiva

Cquote2.svg
Phil Parham




Dentre essas sanções, incluem-se o embargo ao comércio de armas com a Coreia, o inspecionamento de cargas norte-coreanas em terra, mar e ar, além de liberdade para destruir objetos suspeitos mencionados no Conselho de Segurança da ONU. Essas medidas foram interpretadas pela Coreia do Norte como ‘‘ações ofensivas’’, e que não se intimidará e atacará qualquer forma de bloqueio imposto ao país. Segundo o embaixador britânico adjunto Phil Parham ‘‘a ONU ficará firme quanto às provocações da Coreia do Norte’’, porém de acordo com o embaixador da China na ONU ‘‘não haverá abuso de força’’ para não atiçar ainda mais o governo de Pyongyang.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati