Comércio em moeda local entre Brasil e Argentina está crescendo, diz Meirelles

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

3 de agosto de 2009

Brasil


As operações utilizando o Sistema de Pagamento em Moeda Local (SML) entre empresas do Brasil e da Argentina estão “crescendo bastante”, revelou hoje (3) o presidente do Banco Central do Brasil, Henrique Meirelles.

O SML é um sistema informatizado que permite que as exportações e importações entre os dois países sejam realizadas em moeda local, sem a utilização do dólar.

Meirelles ressaltou, no entanto, que os volumes de dinheiro movimentados no sistema ainda não são grandes por uma “série de circunstâncias”, entre elas, como os preços ainda fixados em dólar, que estão sendo resolvidas gradualmente.

Para o presidente do Banco Central, a utilização do sistema por outros países facilitará a resolução das dificuldades atuais. De acordo com Meirelles, o Brasil já está trabalhando para a implementação do SML com o Uruguai.

Henrique Meirelles participou hoje da 27ª Reunião de Presidentes de Bancos Centrais do Mercosul, Bolívia, Chile, Peru e Venezuela, em São Paulo.

Em nota, os presidentes dos bancos centrais afirmaram que “há sinais de melhoria nos cenários internacional e regional, que sugerem proximidade com a retomada da atividade econômica”.

Meirelles disse que “há sinais antecedentes de que o país já saiu da recessão” e acredita que, em 2010, o Brasil começará a retomar “o crescimento sustentado que prevaleceu nos últimos anos”.

Veja mais notícias

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati