Colômbia extradita guerrilheira para os EUA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de março de 2005

América do Sul

A guerrilheira comunista das FARC chamada Omaira Rojas, ou Nayibe Rojas Cabrera, ou Nayibe Rojas Valderrama, ou Sonia (como é mais conhecida) foi extaditada para os Estados Unidos da América. O presidente da Colômbia Alvaro Uribe Velez autorizou a extradição requisitada por um tribunal de Washington.

A guerrilheira foi entregue às autoridades norte-americanas do DEA nesta quarta-feira, 9 de março, às 15h25, no aeroporto de Barranquilla, na Colômbia. Autoridades norte-americanas e colombianas dizem que Sonia negocia diretamente a entrega de narcóticos para traficantes do Peru e Brasil.

Os advogados de Sonia tentaram impedir a extradição para os EUA e requisitaram uma revisão do proceso. Eles alegaram que como o verdadeiro nome de Sonia não é conhecido, não se pode autorizar sua extradição.

Fontes