Cientista que fraudou pesquisa com células-tronco é condenado na Coreia do Sul

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

27 de outubro de 2009

O cientista Hwang Woo-suk foi condenado nesta segunda-feira (26), na Coreia do Sul, por apropriação indébita e outras acusações relacionadas ao escândalo que provocou revolta em toda a comunidade científica, acusado de fraudar uma pesquisa com células-tronco embrionárias.

O cientista foi condenado a três anos em liberdade condicional, sob fiscalização da Justiça. Em 2004, Hwang e outros cientistas da Universidade Nacional de Seul afirmaram, em trabalho publicado numa publicação científica, que haviam criado os primeiros embriões clonados do mundo e que haviam extraído células-tronco desses embriões.

Para a Justiça sul-coreana, apesar de ter mentido, Hwang mostrou-se arrependido.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati