Cientista político fala em golpe branco contra o governo brasileiro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de junho de 2005

Brasil

O cientista político Wanderley Guilherme dos Santos disse em entrevista para a edição 346 da revista brasileira Carta Capital que o governo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva está a ser vítima de um golpe branco. Segundo ele, esse suposto golpe teria participação dos partidos de oposição, principalmente do PSDB e contaria com a ajuda da imprensa.

Segundo Wanderley, a denúncia contra o governo é genérica e falta credibilidade a seu principal denunciante, o deputado Roberto Jefferson. O cientista política disse que se essa denúncia tivesse sido feita durante o governo do ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso, não teria provocado o "maremoto" que está a ocorrer durante o governo Lula.

Wanderley concorda que o papel da imprensa é fiscalizar, contudo ele diz que: "Desestabilizar, não. A estabilidade não pode depender de militar, nem da Igreja, nem da imprensa".

Ele aponta como motivo para a suposta tentativa de desestabilização o "pavor do sucesso do governo Lula. O PSDB sabe que com mais dois anos de governo, como vinha até agora, ele levaria uma surra em 2006".

Ele também disse que: Não acredito que eles queiram promover o impedimento de Lula. Mas, se houver a possibilidade, não recuarão. Se a chance aparecer, os tucanos vão apoiar esse golpe branco, porque o governo está sendo bem-sucedido. Se fosse um governo inepto, como se apregoa, o PSDB deixaria Lula em paz e o derrotaria facilmente no ano que vem.

A íntegra da entrevista pode ser vista no website da revista Carta Capital.

Wanderley Guilherme dos Santos é formado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de janeiro (UFRJ), Doutorado em Ciência Política pela Universidade de Stanford nos Estados Unidos da América com uma bolsa da Fundação Ford e Pós-Doutorado pela UFRJ. Wanderley Guilherme dos Santos é um autor que costuma ser citado nos círculos de estudos gramscistas [1].

O outro lado[editar]

A opinião do professor Wanderley Guilherme dos Santos foi criticada por alguns jornalistas e blogs. O blog e-agora escreveu:

Não se sabe, igualmente, por que o professor Wanderley resolveu fazer esse papelão. De certo deve imaginar que somos todos idiotas. Ele chega a ponto de dizer que o PSDB chegou a esse ponto (de conspirar com a grande imprensa para desestabilizar o presidente) "pelo pavor do sucesso do governo Lula". Há! Há! Há!

E acrescenta que:

Ele chega a ponto de dizer que Lula tem uma oposição mais "musculosa" do que teve Fernando Henrique. Isso quando toda pessoa que lê jornal sabe que Lula teve a oposição que qualquer político do seu tipo pediria a Deus. O PSDB, por exemplo, ficou praticamente calado durante um ano inteiro. Pelo que se pode deduzir da entrevista concedida pelo professor, quem sabe a gente não devesse mais ler jornais ou assistir noticiários, uma vez que a imprensa faz parte da "conspiração".

O texto pode ser conferido na webpage do blog na íntegra.

Ver também[editar]

Fontes[editar]