Cidades de São Paulo confirmam novas mortes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Notícias relacionadas
Pessoas na Cidade do México vestindo máscaras em um trêm pelo vírus H1N1
Mais informações sobre a Gripe:


Agência Brasil

3 de agosto de 2009

Duas cidades do interior de São Paulo anunciaram hoje (3), as primeiras mortes de pessoas com a Gripe A H1N1, também conhecida como gripe suína, nesses municípios: Bauru e Amparo. Já Valinhos, confirmou a segunda morte.

Bauru

A prefeitura de Bauru confirmou a primeira morte no município. A vítima, uma mulher de 22 anos, diabética, apresentou os primeiros sintomas da doença no dia 25 de julho.

Ela foi internada no Hospital Estadual de Bauru no dia 26. Dois dias depois foi feita a coleta de material para exame e teve início o tratamento. Segundo a prefeitura, há 15 casos confirmados da doença na cidade e 48 aguardam confirmação.

Amparo

A Vigilância de Saúde de Amparo confirmou a primeira morte. A vítima é um homem, de 57 anos, residente em Hortolândia, que foi internado no Sanatório Ismael, em Amparo, com sintomas da doença.

O paciente foi transferido do Sanatório Ismael para a Santa Casa Anna Cintra, em Amparo, no último 26 e morreu no último dia 27. De acordo com a Vigilância Sanitária, a vítima já apresentava vários problemas de saúde antes de contrair o vírus. Os resultados dos exames que comprovaram a gripe foram divulgados hoje.

Valinhos

A Secretaria de Saúde de Valinhos confirmou a segunda morte pela gripe e a vítima era um homem de 30 anos, que morreu no dia 26 de julho. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Valinhos desde o último dia 12. O paciente começou a sentir os sintomas da doença no dia 6.

A primeira morte provocada pela doença no município foi confirmada no dia 22 de julho. A vítima, uma mulher de 27 anos, começou a sentir os sintomas da doença no dia 14, quando procurou o Centro de Atendimento de Urgências e Especialidades. Ela foi encaminhada para a UTI da Santa Casa de Valinhos, com complicações respiratórias. A paciente morreu no último dia 19 e não havia registro de que ela teria saído do país.

O município registra até hoje, 12 ocorrências da doença. Oito casos são considerados suspeitos e aguardam o resultado de exames para confirmação.

Fontes


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati