Chris Anderson admite plagiar a Wikipedia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de junho de 2009

Chris Anderson, escritor conhecido por seu livro de negócios The Long Tail, admitiu ter usado passagens da Wikipedia e de outras fontes em seu novo livro Free - The Future of a Radical Price sem citar a origem das informações.

O novo livro lançado pelo escritor fala sobre a sabedoria dos produtores livres na Web. Esse livro contém informações sobre a frase "there's no such thing as a free lunch", sobre o significado da curva de aprendizado, entre outros. Waldo Jaquith, do jornal literário Virginia Quarterly Review (VQR), foi o primeiro a apontar as similaridades com a Wikipedia e acusar o autor de plagiar o site sem informar a fonte.

A editora se desculpou pelo ocorrido, e garantiu consertar esses erros antes de postar a edição eletrônica do livro, e em todas as futuras edições impressas do livro. Apesar disso, nada poderá ser feito em relação à primeira edição do livro, com 80 mil cópias impressas já distribuídas.

Anderson explicou em seu blog que teve a intenção de incluir a URL do material da Wikipedia, mas houve divergência com a editora sobre como citar a fonte - e na correria para finalizar o texto, as referências ficaram ausentes.

Perguntado pela The Associated Press o motivo de ter usado a Wikipedia, que tem sido questionada pela veracidade de suas informações, Anderson disse que "em muitos assuntos a Wikipedia é uma das melhores, mas você precisa usar outras fontes para confirmar isso. No caso da frase do free lunch, que eu li muito sobre o assunto, eu pensei que o texto da Wikipedia estava excelente e talvez fosse o melhor sumário que existe sobre a frase."

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati