Chris Anderson admite plagiar a Wikipedia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de junho de 2009

Chris Anderson, escritor conhecido por seu livro de negócios The Long Tail, admitiu ter usado passagens da Wikipedia e de outras fontes em seu novo livro Free - The Future of a Radical Price sem citar a origem das informações.

O novo livro lançado pelo escritor fala sobre a sabedoria dos produtores livres na Web. Esse livro contém informações sobre a frase "there's no such thing as a free lunch", sobre o significado da curva de aprendizado, entre outros. Waldo Jaquith, do jornal literário Virginia Quarterly Review (VQR), foi o primeiro a apontar as similaridades com a Wikipedia e acusar o autor de plagiar o site sem informar a fonte.

A editora se desculpou pelo ocorrido, e garantiu consertar esses erros antes de postar a edição eletrônica do livro, e em todas as futuras edições impressas do livro. Apesar disso, nada poderá ser feito em relação à primeira edição do livro, com 80 mil cópias impressas já distribuídas.

Anderson explicou em seu blog que teve a intenção de incluir a URL do material da Wikipedia, mas houve divergência com a editora sobre como citar a fonte - e na correria para finalizar o texto, as referências ficaram ausentes.

Perguntado pela The Associated Press o motivo de ter usado a Wikipedia, que tem sido questionada pela veracidade de suas informações, Anderson disse que "em muitos assuntos a Wikipedia é uma das melhores, mas você precisa usar outras fontes para confirmar isso. No caso da frase do free lunch, que eu li muito sobre o assunto, eu pensei que o texto da Wikipedia estava excelente e talvez fosse o melhor sumário que existe sobre a frase."

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati