China proíbe a entrada de Justin Bieber

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Justin Bieber em 2015

22 de julho de 2017

A China proibiu a entrada do cantor pop canadense, Justin Bieber. A notícia causou uma reação dos fãs do cantor.

Quando as estações de tv e radio anunciaram a turnê mundial de Justin, os fãs notaram que os shows serão realizados em Hong Kong, na Indonésia, Cingapura e nas Filipinas, mas não na China. Um fã de Justin enviou uma carta ao Escritório da cultura da China pedindo explicações às autoridades do motivo pelo qual "o país proibiu a entrada do cantor. Ele é talentoso, embora seja controverso", disse o fã do cantor.

O Governo da China considera que Justin Bieber pode influenciar adolescentes através de comportamentos inadequados, tais como dirigir embriagado, uso de drogas, e de atitudes desrespeitosas contra a China por parte do cantor. Em 2013, o cantor foi flagrado na Grande Muralha sobre os ombros de seus guardas e durante uma visita ao Japão o cantor foi fotografado na frente do Templo Giakousounou, considerado na China e na Coreia do Sul como um símbolo do expansionismo japonês.

A Secretaria da Cultura disse que "deve lidar com a purificação das artes na China. Nós pensamos que Justin Bieber é um cantor talentoso e se ele mostrar que ele pode gerenciar a si mesmo e amadurecer, ele vai voltar a ser bem-vindo pelo povo da China".

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati