China planejava obter as armas nucleares Norte-Coreanas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

9 de janeiro de 2008

Bandeira da República Popular da China.

O Exército Popular da Libertação (PLA), da China tinha um plano para aproveitar as armas nucleares norte-coreanas, se ele se torna necessária, diz um relatório do Center for Strategic and International Studies (CSIS), um órgão do governo americano sediado em Washington com base em think tank.

Os peritos da CSIS foram conversar com os pesquisadores militares chineses, que alegaram que, em caso de instabilidade na vizinha Coréia do Norte, a solução seria a expedição militar para obter o Armas nucleares que os militares norte-coreanos têm desenvolvidos ao longo dos últimos anos. O relatório afirma que a China iria tentar e coordenar os seus esforços num caso destes com a comunidade internacional, principalmente as Nações Unidas. O relatório sobre a situação vai no entanto que a China iria intervir mais cedo se "a comunidade internacional não reagir, de forma atempada, como a ordem interna na Coréia do Norte, se deteriorou rapidamente."

Jiang Yu, uma porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China, disse que: "sendo a China uma das cinco nações no Conselho de Segurança da ONU é possuidora do uso legítimo da energia nuclear, em conformidade com o Tratado de não proliferação de armas nucleares de 1968, disse que não sabia desses planos; Ela também não negou a existência de tal plano.

Richard Spencer de The Daily Telegraph diz que o plano indica uma mudança importante na atitude do governo da República Popular da China com a Coréia do Norte.


Fontes

Ligação a um site em inglês*P. Parameswaran, AFP China planning to secure North Korea's nuclear arsenal: report Yahoo! News 8 de janeiro de 2008

Ligação a um site em inglês*Richard Spencer China 'plans to send troops into North Korea' The Daily Telegraph 8 de janeiro de 2008