China critica encontro de presidente francês com o Dalai Lama

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

8 de dezembro de 2008

A China apresentou ontem (7) um protesto formal contra a reunião do presidente francês, Nicolas Sarkozy, com o Dalai Lama, na Polônia. A alegação é de que o encontro "feriu gravemente o interesse chinês", segundo o Ministério do Exterior chinês.


Cquote1.png

Sarkozy subestimou o peso da soberania nacional na psique chinesa. Ele claramente não sabe que, sobre esta questão, a posição do governo e do povo é a mesma

Cquote2.svg
Citado no jornal estatal China Daily




O embaixador francês no país, Hervé Ladsous, foi chamado ao Ministério do Exterior chinês, onde foi oficializado o mal-estar de Pequim pela reunião de Sarkozy com o líder espiritual de Tibete.

Não foi a primeira vez no ano que a França foi alvo de reprimendas chinesas decorrentes da situação do Tibete. Ainda durante a passagem da tocha olímpica por Paris, ocorreram várias manifestações dos cidadãos franceses sobre a situação da região anexada à China durante a Revolução.

Fontes