China bloqueia o acesso à Wikipédia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Wikipédia foi alvo de bloqueio do governo chinês em 2004 o que resultou numa queda no número de utilizadores daquele país.

22 de outubro de 2005

A Repórteres sem Fronteiras informou que desde o dia 18 de outubro está bloqueado o acesso à enciclopédia Wikipédia em várias províncias da República Popular da China, incluindo a região de Xangai.

Os internautas desses lugares ao tentar acessarem a enciclopédia obtêm uma mensagem de erro indicando que o acesso não é possível.

A Wikipédia já foi bloqueada em duas ocasiões em 2004 e em cada uma delas o número de seus utilizadores na China diminuiu notavelmente depois que terminou o bloqueio.

Geralmente, o governo chinês bloqueia sítios onde se encontram palavras como "direitos humanos" ou que falem sobre a história do Tibete.

As medidas ocorrem em paralelo com a publicação por parte do governo chinês de um livro de intenções sobre a edificação da democracia na China. Para a Repórteres sem Fronteiras, é paradoxal que se deseje construir uma democracia com uma censura à informação.

Sem a liberdade de expressão e o direito de ser informado não pode haver democracia, diz o comunicado que solicita ao governo chinês a suspensão de medidas de censura contra a Wikipédia e outros sítios da internet, como por exemplo o sítio da Anistia Internacional e o do Human Rights Watch.

Fontes