China: bactéria da brucelose escapa de laboratório e deixa mais de 3 mil pessoas doentes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de setembro de 2020


O 24matins.es da Espanha reportou hoje que ao menos 3.245 chineses testaram positivo para brucelose, uma doença comum em animais e que também afeta os humanos e que é causada pela bactéria Brucella spp.

Segundo a publicação, a bactéria foi eliminada pelo sistema de gás de um laboratório estatal que produz vacinas para animais, situado na região de Lanzhou, capital da província de Gansu, no Norte da China. As bactérias não teriam sido corretamente inutilizadas devido ao uso de um desinfetante vencido, contaminando, assim, o gás [provavelmente eliminado por chaminés do sistema de queima de resíduos].

De acordo com autoridades chinesas, as primeiras vítimas foram registradas ainda em dezembro passado. As autoridades também afirmam que ainda não houve contaminação de humano para humano.

A brucelose humana não costuma ser grave, causando geralmente febre, dor nas articulações e dor de cabeça.

Leia o informativo do Ministério da Saúde do Brasil sobre a brucelose aqui.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com