Chico Buarque e políticos do PT conheciam número 1 das FARC

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O líder das FARC (assinalado em vermelho) e as personalidades brasileiras (com um X preto). Abaixo de "Fernando Morais" aparece o nome de João Pedro Stédile (não mostrado na figura).

25 de maio de 2008

O artista brasileiro Chico Buarque de Holanda e políticos do Partido dos Trabalhadores: Gilberto Carvalho e Luis Eduardo Greenhalgh, participam do conselho editorial da revista marxista revolucionária América Libre. Além deles, fazem parte Leonardo Boff, João Pedro Stédile (líderança do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e o professor universitário Emir Sader[1].

Ainda está na internet a página que mostra os nomes dessas personalidades ao lado do Comandante Manuel Marulanda Vélez, número 1 da narcoguerrilha marxista das FARC.

Notícias relacionadas


Referências

  1. http://www.nodo50.org/americalibre/consejo.htm América Libre, Consejo Editorial