Chefe da Liga Árabe culpa a Turquia pela situação em Alto Carabaque

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de outubro de 2020

O secretário-geral da Liga dos Estados Árabes (LAS), Ahmed Abul Gheit, disse que a Turquia desempenha um papel destrutivo nas regiões do Cáucaso e do Mediterrâneo e, em particular, na zona do conflito de Alto Carabaque, onde as tensões aumentaram devido às ações de Ancara.

“A Turquia está enfrentando outros países da região e potências mundiais em uma série de questões que não terminarão bem para sua liderança. O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan está interferindo nos assuntos do Egito, Síria, Iraque e Líbia de um ponto de vista militar”, disse Ahmed Abul Gheit.

“Erdoğan também interveio no Cáucaso, no conflito entre o Azerbaijão e a Armênia, entrou em confronto com a Grécia e Chipre, invadiu campos de gás no Mediterrâneo Oriental, o que obrigou um país tão grande e influente como a França a enviar caças e um porta-aviões para Chipre”, adicionou ele.

O secretário-geral da Liga Árabe também abordou o tema dos mercenários sírios, que a Turquia transferiu para o Azerbaijão para participar das hostilidades contra as forças armênias.

“Me irrita que a Turquia use mercenários sírios para lutar contra a Armênia… É muito triste que os mercenários sírios sejam usados ​​por Erdoğan em questões não relacionadas à Turquia”, disse Abul Gheit.

Fontes

Ligação a um site em russo Глава Лиги арабских государств винит Турцию в эскалации ситуации в КарабахеPanarmenian, 6 de outubro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com