Chávez chama diretor da Interpol de "vagabundo"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

16 de maio de 2008

link=mailto:?subject=Chávez%20chama%20diretor%20da%20Interpol%20de%20"vagabundo"%20–%20Wikinotícias&body=Chávez%20chama%20diretor%20da%20Interpol%20de%20"vagabundo":%0Ahttps://pt.wikinews.org/wiki/Ch%C3%A1vez_chama_diretor_da_Interpol_de_%22vagabundo%22%0A%0ADe%20Wikinotícias Facebook link=https://twitter.com/intent/tweet?text=Chávez+chama+diretor+da+Interpol+de+"vagabundo"&url=https://pt.wikinews.org?curid=16689 WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
link=mailto:?subject=Chávez%20chama%20diretor%20da%20Interpol%20de%20"vagabundo"%20–%20Wikinotícias&body=Chávez%20chama%20diretor%20da%20Interpol%20de%20"vagabundo":%0Ahttps://pt.wikinews.org/wiki/Ch%C3%A1vez_chama_diretor_da_Interpol_de_%22vagabundo%22%0A%0ADe%20Wikinotícias Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Presidente da Venezuela Hugo Chávez reagiu duramente contra o informe da Interpol que confirmou a autenticidade dos computadores encontrados em março no acampamento do guerrilheiro marxista das FARC, Raúl Reyes. O mandatário venezuelano desqualificou o diretor da Interpol, Ronald K. Noble e chamou-o de "bandido" e "vagabundo internacional".

"Esse Noble é um vagabundo(...) e denuncio-o como um vagabundo internacional. Ouçam, é perigoso a Interpol ter um vagabundo como secretário-geral", disse Chávez.

O mandatário venezuelano ainda disse:"Isso é o que é este senhor, ignóbil, Ronald Nobles: um show, um conselheiro do lado, uma coisa desavergonhada. Aonde o governo da Colômbia chegou."

Fontes