Chávez ameaça Colômbia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hugo Chávez.

3 de março de 2008

Uma crise diplomática surgiu entre a Colômbia e a Venezuela. O Presidente Venezuelano Hugo Chávez ordenou o fechamento da embaixada da Venezuela em Bogotá além da retirada de todos seus funcionários. Chávez ainda ordenou a movimentação de tropas do exército na fronteira com a Colômbia.

A tensão entre os dois países aumentou depois que o líder narcoguerrilheiro Raul Reyes morreu durante confronto com o Exército Colombiano.

Chávez disse: "Senhor Ministro da Defesa, mova 10 batalhões até a fronteira com a Colômbia, de imediato, batalhões de tanques. A aviação militar que se prepare, nós não queremos guerra".

Durante o seu programa "Alô Presidente" Chavez pediu um minuto de silêncio por Raul Reyes -a quem se referiu como "bom revolucionário"- e usou palavras duras para se referir ao Presidente da Colômbia Álvaro Uribe: "criminoso", "assassino", "chefe de um governo mafioso" e "narcotraficante".



Fontes