Chávez: "FARC não são terroristas"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de janeiro de 2008

O Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse que as FARC e o ELN não devem ser considerados organizações terroristas pela Colômbia e por outras nações do mundo. O mandatário venezuelano defendeu a retirada das FARC e ELN da lista de organizações terroristas durante discurso na Assembléia Nacional na sexta-feira.

Chávez disse: "Que ninguém se incomode com isso, mas eu vou dizer, as FARC e o ELN não são terroristas mas verdadeiras forças insurgentes que têm um projeto político e bolivariano que aqui na Venezuela é respeitado".

"Solicito aos governos do continente, do mundo, da Europa, que retirem as FARC e o ELN da lista de terroristas (...) peço porque sei que isso tem uma só causa e é a pressão dos Estados Unidos", acrescentou o presidente.

A declaração de Chávez vem pouco tempo depois da libertação de duas reféns das FARC em operação organizada pela Venezuela.

Segundo a Rádio Caracol, os principais partidos políticos colombianos não só rechaçaram a idéia como consideraram-na absurda.


Fontes