Capturada na Colômbia quadrilha de tráfico de imigrantes conectada com a Al-Qaeda e o Hamas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Attention niels epting.svg
Como parte da política de proteção do Wikinotícias, esta notícia está protegida.

27 de janeiro de 2006

Colômbia

As autoridades colombianas capturaram na quinta-feira (26) 19 membros de uma rede de tráfico de imigrantes que operava nos Estados Unidos da América e na Europa. Entre os capturados há 3 servidores públicos do Departamento Administrativo de Seguridad (DAS, a polícia secreta colombiana), um que havia pedido extradição para os EUA, uma funcionária da Registraduría General de la Nación e quatro cidadãos de nacionalidade jordaniana.

Segundo a Promotoria Geral, a rede, desde 2002, dedicava-se a falsificar documentos e nacionalidades para permitir que cidadãos estrangeiros transitassem como colombianos pela Europa e Estados Unidos. Os documentos eram entregues a cidadãos jordanianos, iraquianos, paquistaneses, sírios e egípcios.

"Para alguns deles foi solicitadas a extradição porque colaboravam com a Al-Qaeda e o Hamas", disse Jorge Alberto Otálora, vice-promotor geral da Colômbia.

As autoridades confiscaram passaportes falsos colombianos, espanhóis, portugueses e alemães.

Os detentos serão processados por tráfico de imigrantes, formação de quadrilha e falsificação de documentos.

Fontes