Canadá: governo e empresas se mobilizam contra o Facebook

Fonte: Wikinotícias

7 de julho de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O governo federal do Canadá anunciou que não vai mais investir em anúncios no Facebook e Instagram enquanto a Meta, controladora dessas plataformas, mantiver o bloqueio de conteúdo jornalístico canadense.

A Meta se opõe à aprovação da Lei de Notícias Online, que exige que gigantes da internet paguem meios de comunicação pelo conteúdo publicado em suas plataformas.

“É difícil continuar apoiando com dinheiro do governo uma empresa que se recusa a reconhecer o papel do jornalismo livre, independente e apartidário em nosso país”

Pablo Rodriguez, Ministro do Patrimônio Canadense

O governo prometeu reinvestir os 11 milhões de dólares que gasta anualmente nas redes sociais da Meta, em "grandes campanhas". “Não é apenas uma disputa sobre publicidade. Esta é também uma luta pela nossa democracia”, disse o primeiro-ministro Justin Trudeau.

Esta decisão foi seguida pelo governo do Quebec. “Em solidariedade com a mídia, foi tomada a decisão de interromper toda a publicidade do governo no Facebook (…) Nenhuma empresa está acima da lei”, disse o líder de Quebec, François Legault.

Várias empresas relacionadas à imprensa também fizeram um movimento semelhante, incluindo Quebecor, Cogeco e La Presse.

Fontes