CPI da COVID-19 marca primeira acareação para 1° de julho

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A CPI da COVID-19 decidiu ontem, 21 de junho, a acareação entre a Infectologista Luana Araújo e a coordenadora do Programa Nacional de Imunização Franciele Fantinato.

A data foi escolhida pelos integrantes, e o requerimento foi feito pelo senador Otto Alencar (PSD-BA). No dia 9 de junho, ele foi aprovado pela comissão. Depois da reunião, Randolfe Rodrigues (REDE-AP) disse que o objetivo é esclarecer sobre a vacinação de grávidas.

Luana Araújo já depós na CPI em 2 de junho e foi anunciada como secretária de Enfrentamento a COVID-19 mas não exerceu o cargo. Já Franciele Fantinato ainda não foi interrogada, passou a ser investigada pela CPI e teve sigilos quebrados.

Segundo o pedido de Otto Alencar, Franciele teria sido responsável por enviar uma nota técnica aos estados para que fosse recomendada a imunização com quaisquer vacinas de gestantes que receberam a primeira dose da vacina Oxford/AstraZeneca.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit