COVID-19: uso de máscaras será obrigatório no Ceará

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de maio de 2020

Foto meramente ilustrativa

O uso de máscaras em locais públicos se tornou obrigatório em todo estado do Ceará a partir de hoje. "Após uma série de estudos, pesquisas e projeções, decidimos recorrer às medidas mais rígidas", disse o governador Camilo Santana ontem. Santana também decretou isolamento social no Estado por mais 15 dias, enquanto que em Fortaleza será imposto o isolamento social rígido a partir de sexta-feira, dia 08 de maio. Ele justificou as medidas dizendo: "mesmo com todo o esforço de abrir mais de mil novos leitos, o nosso sistema de saúde está chegando ao limite. O objetivo será sempre o de salvar vidas".

O Ceará está em 3º lugar no ranking de total de mortos por Covid-19 no Brasil, atrás de São Paulo (1º) e Rio de Janeiro (2º).

Os principais pontos do isolamento rígido a ser adotado em Fortaleza

  • Fica vedada a circulação de pessoas em locais ou espaços públicos, tais como praias, praças, calçadões, salvo quando em deslocamentos imprescindíveis para acessar as atividades essenciais;
  • Fica estabelecido o controle de veículos particulares em vias públicas, salvo deslocamentos devidamente justificados, bem como veículos de serviços essenciais em funcionamento; deslocamento relacionados às atividades de segurança e saúde; transporte de cargas; serviços de transporte por táxi, mototáxi ou veículos disponibilizado por aplicativo;
  • Controle de entrada e saída de Fortaleza com municípios limites;
  • As pessoas comprovadamente infectadas ou com suspeita de contágio pela COVID-19 deverão permanecer em confinamento obrigatório em domicílio, em unidade hospitalar ou em outro lugar determinado pelas autoridades de saúde.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com