COVID-19: número de mortos na África já passa de 3 mil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de maio de 2020


Países africanos continuam preparando insumos para conter pandemia

O Continente Africano ultrapassou de ontem para hoje a cifra de 3 mil mortes por COVID-19. Segundo o CDC (Centre for Disease Control) em seus últimos dados, divulgados às 16h40min desta tarde no horário brasileiro, a África tem agora 3.105 mortes e 100.666 infectados. De acordo com o CDC também, a região norte do continente é a mais atingida, com 1.523 casos fatais e com três países da região entre os cinco com mais contaminações: Egito, Argélia e Marrocos.

Já o Africanews reportou hoje que cerca de 20 mil novas contaminações foram registradas nas últimas 24 horas. O jornal também divulgou em seu website a lista dos cinco países com mais casos confirmados:

  1. África do Sul: 19.137 casos confirmados
  2. Egito: 15.003
  3. Argélia: 7.728
  4. Marrocos: 7.300
  5. Nigéria: 7.016

A África havia registrado seus primeiros mil mortos no 17 de abril e dois mil óbitos no dia 07 de maio, o que significa que houve um aumento de 1.000 mortes apenas nos últimos 15 dias, indicando uma leve aceleração da pandemia no continente. Segundo o Africanews, estudos apontam que pode haver 300 mil mortes em todo continente até o final do ano e, na pior das hipóteses, 3 milhões de mortes.


Notícias Relacionadas[editar]

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com