COVID-19: União Europeia suspende restrições de viagens

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de julho de 2020

Na terça-feira (1), a União Europeia suspendeu restrições de viagens para pessoas da Argélia, Austrália, Canadá, Geórgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Coreia do Sul, Tailândia, Tunísia e Uruguai, mas viajantes de países onde os casos de COVID-19 estão aumentando, incluindo Estados Unidos, Brasil e Índia, não podem entrar no momento.

Os cidadãos chineses poderão entrar no bloco, desde que a China elimine restrições aos cidadãos europeus que viajam para lá. Outros países da lista devem encerrar suas próprias proibições de viagens aos europeus.

Os países serão adicionados ou retirados da lista a cada duas semanas, de acordo com seus respectivos surtos de COVID-19, mas é improvável que os Estados Unidos consigam um lugar por um tempo.

Os critérios da UE incluem países em que o número de novos casos dos últimos 14 dias estejam próximos ou abaixo da sua própria média e que o número total de casos esteja se estabilizando ou caindo.

Quase 10,5 milhões de pessoas testaram positivo para COVID-19 desde que o vírus foi detectado pela primeira vez na China no final do ano passado e começou a se espalhar pelo mundo, com mais de 500 mil mortes.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com