Brasil entra no grupo de países com alto IDH

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Países por IDH.

   0.950 ou mais

   0.900–0.949

   0.850–0.899

   0.800–0.849

   0.750–0.799

   0.700–0.749

   0.650–0.699

   0.600–0.649

   0.550–0.599

   0.500–0.549

   0.450–0.499

   0.400–0.449

   0.350–0.399

   abaixo de 0.350

   não disponível

27 de novembro de 2007

O Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) divulgou nesta terça-feira relatório que mostra o IDH mundial, relativo a 2005. O Brasil alcançou o posto de alto desenvolvimento, principalmente com o aumento da expectativa de vida, de 71,5 anos em 2004 para 71,7 anos, em 2005. O PIB per capita do Brasil também melhorou, subindo de US$ 8.325 para US$ 8.402, entre 2004 e 2005, considerando a Paridade do Poder de Compra.

Entretanto, mesmo com a melhora na nota, de 0,798 (revisado) em 2004 para 0,800, o Brasil caiu uma posição no Ranking, de 69º para 70º. Países como Argentina, Cuba e México ainda encontram-se à frente do Brasil no Ranking.

Entusiasmado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou o resultado. "Todo governo que vier vai se sentir na obrigação de fazer o Brasil crescer um ponto no relatório. Todos (no atual governo) têm o compromisso de que o país vive um momento tão especial que nós poderemos nos dar ao luxo de dizer que 'somos abençoados por Deus'", disse.[1]

O Pnud é feito em 177 países, de todos os continentes. Na liderança do atual ranking está a Islândia (IDH 0,968), seguida por Noruega, Austrália, Canadá e Irlanda. Portugal ficou em 29º lugar, também caindo uma posição, com IDH 0,897, saindo assim do grupo de países desenvolvidos.

Fontes

Ligações externas

Referências

  1. Lula comemora IDH, diz que país é abençoado por Deus e reclama do FMI