Brasil diz que Colômbia precisa "dar desculpas incondicionais ao Equador"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de março de 2008

Brasil

O Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, condenou a operação que resultou na morte do narco-comunista Raúl Reyes dentro do Equador nas proximidades da fronteira com a Colômbia.

As declarações de Amorim foram feitas durante coletiva de imprensa nesta terça-feira.

Conforme informou a Agência Brasil, o chanceler brasileiro disse que um novo pedido de desculpas por parte da Colômbia ajudaria a amenizar a crise:"um pedido de desculpas não qualificado ajudaria, creio eu, a baixar a temperatura da crise".


Fontes