Bombeiros e policiais expulsam equipe da Rede Globo em protesto no Rio de Janeiro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12 de fevereiro de 2012

Brasil

Uma equipe da Rede Globo foi expulsa por policiais e bombeiros de uma manifestação em Copacabana, no Rio de Janeiro, neste domingo (12 de fevereiro).[1][2] Cerca de 300 pessoas carregavam bandeiras, vestiam blusas e faixas contra a prisão de policiais e bombeiros no presídio carioca de segurança máxima Bangu I.[3][4] Jornalistas da TV Globo e Globo News já tinham sido hostilizados em assembleia de policiais durante o dia 9 de fevereiro.[5]

Policiais civis, militares e bombeiros do Rio de Janeiro já haviam confirmado, no dia 9, que entrariam em greve.[6] A opção pela paralisação foi ratificada em assembleia na Cinelândia, no Centro, que reuniu pelo menos 2 mil pessoas.[7][8]

Referências[editar]

  1. Policiais expulsam Globo de evento, com vídeo
  2. RJ: policiais e bombeiros mantém greve e expulsam equipe da Globo de Copacabana
  3. RJ: policiais e bombeiros mantém greve e expulsam equipe da Globo de Copacabana
  4. RJ: policiais e bombeiros mantém greve e expulsam equipe da Globo de Copacabana
  5. Jornalistas da TV Globo e Globo News são hostilizados em assembleia de policiais
  6. Bombeiros e policiais expulsam equipe da Globo em protesto
  7. Rio: bombeiros e policiais expulsam equipe da Globo em protesto
  8. Rede Globo é expulsa de manifestação dos policiais e bombeiros no Rio, com vídeo

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati