Bombeiros e policiais expulsam equipe da Rede Globo em protesto no Rio de Janeiro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12 de fevereiro de 2012

Brasil

Uma equipe da Rede Globo foi expulsa por policiais e bombeiros de uma manifestação em Copacabana, no Rio de Janeiro, neste domingo (12 de fevereiro).[1][2] Cerca de 300 pessoas carregavam bandeiras, vestiam blusas e faixas contra a prisão de policiais e bombeiros no presídio carioca de segurança máxima Bangu I.[3][4] Jornalistas da TV Globo e Globo News já tinham sido hostilizados em assembleia de policiais durante o dia 9 de fevereiro.[5]

Policiais civis, militares e bombeiros do Rio de Janeiro já haviam confirmado, no dia 9, que entrariam em greve.[6] A opção pela paralisação foi ratificada em assembleia na Cinelândia, no Centro, que reuniu pelo menos 2 mil pessoas.[7][8]

Referências[editar]

  1. Policiais expulsam Globo de evento, com vídeo
  2. RJ: policiais e bombeiros mantém greve e expulsam equipe da Globo de Copacabana
  3. RJ: policiais e bombeiros mantém greve e expulsam equipe da Globo de Copacabana
  4. RJ: policiais e bombeiros mantém greve e expulsam equipe da Globo de Copacabana
  5. Jornalistas da TV Globo e Globo News são hostilizados em assembleia de policiais
  6. Bombeiros e policiais expulsam equipe da Globo em protesto
  7. Rio: bombeiros e policiais expulsam equipe da Globo em protesto
  8. Rede Globo é expulsa de manifestação dos policiais e bombeiros no Rio, com vídeo

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati