Bolívia promete normalizar fornecimento de gás ao Brasil e à Argentina

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

19 de janeiro de 2011

O presidente da estatal Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB), Carlos Villegas, afirmou que a partir do próximo dia 1 de fevereiro será normalizado o fornecimento de gás natural para o Brasil e a Argentina. Segundo ele, a medida será possível depois da conclusão do processo de manutenção das plantas de San Alberto e Sabalo, ambas localizadas no Sul da Bolívia.

Segundo Villegas, houve um acordo entre as empresas Petrobras, do Brasil, e Enarsa, da Argentina, para aumentar o volume de exportação aos dois países. O governo da Bolívia anunciou ainda que o sistema de fornecimento de gás natural será padronizado, mas não detalhou como será o processo de padronização.

"A partir de fevereiro, pretendemos restabelecer a distribuição [de gás natural]. Mas antes, necessariamente, deve ser concluída a manutenção das plantas", disse Villegas. As informações são das agências oficiais de notícias da Bolívia, a ABI, e da Argentina, a Télam.

Paralelamente, a Petrobras confirmou ontem (18), em comunicação à estatal boliviana, que vai participar da exploração de petróleo e novas jazidas de gás na Bolívia. Villegas disse que a Petrobras mantém atividades na região de Ingre, em Santa Cruz. De acordo com ele, há três áreas já selecionadas para a exploração.



Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati