Bolívia: contagem não oficial antecipa vitória do candidato do MAS

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de outubro de 2020

O candidato do Movimento ao Socialismo (MAS), Luis Arce, venceu as eleições presidenciais na Bolívia no domingo por uma diferença suficiente para evitar uma votação com seu rival Carlos Mesa, segundo pesquisa divulgada pela mídia local.

Mesmo que o resultado oficial ainda não é conhecido, o candidato presidencial Carlos Mesa reconheceu a derrota na segunda-feira, enquanto esperava o fim da lenta contagem.

“O resultado da contagem rápida é muito forte e muito claro. A diferença entre o primeiro candidato e a Comunidade Cidadã (o seu partido) é grande e cabe a nós, aqueles que acreditam na democracia, reconhecer que houve um vencedor nesta eleição”, Mesa disse em uma entrevista coletiva na segunda-feira.

A contagem rápida das emissoras bolivianas afirma que Arce obteve 52,4% dos votos, contra 31,5% de Mesa, com uma margem de erro de um ponto percentual para mais ou menos.

“Recuperamos a democracia e, acima de tudo, os bolivianos recuperaram a esperança”, disse Arce em uma entrevista coletiva em La Paz na manhã de segunda-feira.

La Paz acordou tranquila na segunda-feira. No entanto, as empresas locais decidiram cobrir suas portas com medo de saques. Essas eleições, que são fundamentais para virar a página da crise política, são supervisionadas pela Organização dos Estados Americanos (OEA) e pela União Organismos Eleitorais Interamericanos (UNIORE).

Arce, o ex-ministro da Economia de 57 anos visto como o arquiteto do sucesso econômico do ex-presidente Evo Morales, apareceu em primeiro em todas as pesquisas.

A presidente em exercício, Jeanine Añez, escreveu em sua conta no Twitter: “Ainda não temos uma contagem oficial, mas com base nos dados que temos, o Sr. Arce e o Sr. Choquehuanca venceram as eleições. Felicito os vencedores e peço que governem pensando na Bolívia e na democracia”.

Além disso, o ex-presidente Morales, exilado na Argentina, em sua conta no Twitter declarou: “Irmãs e irmãos: a vontade do povo prevaleceu. Houve uma vitória retumbante do MAS”.

O Secretário-Geral da Organização dos Estados Americanos, Luis Almagro, parabenizou Arce e seu companheiro de chapa David Choquehuanca.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Salvador Romero, disse à noite que “foi uma eleição complexa em um momento delicado em que é conveniente alicerçar a certeza dos resultados”, por isso pediu aos políticos e cidadãos que esperem pelos resultados "pacientemente".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com