Bill Gates prevê uma crise global pior do que a pandemia de COVID-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

“Nas próximas décadas, o planeta enfrentará um desastre ambiental, cujas consequências serão piores do que a da pandemia de coronavírus. As mudanças climáticas no planeta podem levar à morte de muito mais pessoas nas próximas décadas do que a pandemia”, escreveu o fundador da Microsoft, Bill Gates, em seu blog.

O empresário lembrou que mais de 600 mil pessoas morreram em decorrência da COVID-19, dezenas de milhões perderam o emprego. Segundo ele, existem dificuldades econômicas que não aconteciam há muitas gerações.

Como enfatizou Gates, “em apenas algumas décadas, o mesmo pode ser dito sobre outra crise global — as mudanças climáticas”.

Segundo o bilionário, a Terra enfrentará mudanças climáticas irreversíveis e, por consequência, uma crise global. “Não importa o quão terrível seja esta pandemia, a mudança climática pode ser pior”, enfatizou ele.

O empresário comparou a mortalidade por COVID-19 com a mortalidade esperada pelas consequências da degradação ambiental. De acordo com suas estimativas globais, ocorreram em média cerca de quatorze mortes por 100 mil habitantes em decorrência da COVID-19.

“Como isso se relaciona com as mudanças climáticas? Ao longo dos próximos 40 anos, projeta-se que o aumento das temperaturas levará a um aumento semelhante na mortalidade — 14 mortes por 100 mil. No final do século, se as emissões continuarem a crescer a taxas elevadas, a mudança climática resultará em 73 mortes por 100 mil pessoas”, disse Gates. “Em outras palavras, em 2060, a mudança climática será tão mortal quanto o coronavírus e em 2100 poderá ser cinco vezes mais mortal”, explicou ele.

Gates afirmou que, à luz da pandemia, o volume de emissões prejudiciais diminuiu ligeiramente. Como ele ressaltou, isso ajudaria a mitigar os efeitos das mudanças climáticas se a mesma redução ocorresse todos os anos. O empresário observou que isso dificilmente é viável.

Para evitar uma catástrofe, Gates sugere que os governos cuidem imediatamente da redução de emissões de gases do efeito estufa. O fundador da Microsoft disse que o aquecimento global causará sérios danos econômicos.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com